Joe Biden nomeia Rachel Levine como primeira autoridade transgênero de seu governo

Antes e depois da Rachel Levine (na foto) que foi indicada pelo Joe Biden para administrar asubsecretária do Departamento de Saúde dos EUA já esteve no Rio durante o carnaval - Imagem: Reprodução

Nesta terça-feira (19 de janeiro), a equipe de governo do presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou a secretária da saúde da Pensilvânia, Rachel Levine, como a sua nova secretária adjunta da saúde do país.

Desta forma, Rachel se torna a primeira autoridade federal transgênero confirmada pelo senado americano. Levine atua como pediatra e foi nomeada para o cargo de secretária da saúde da Pensilvânia em 2017, pelo governador democrata Tom Wolf.

Rachel Levine se formou em medicina na Universidade de Harvard e também atua como professora de pediatria e psiquiatria na Penn State College of Medicine.

Em tempo, a cerimônia de posse presidencial de Joe Biden e Kamala Harris acontecerá nesta quarta-feira (20 de janeiro) e contará com Lady Gaga apresentando o hino nacional dos Estados Unidos.

Bear Plus Magazine