Bandeiras LGBTI+ e da China - Foto : Divulgação

Mais de 20% dos estudantes da China não se declaram como héteros

Uma pesquisa sobre a orientação sexual de estuantes chineses revelou que mais de 17% não se identificam como pessoas heterossexuais. Os dados foram divulgados pelo site Gay Star News.

O estudo teve como participação mais de 54.580 estudantes, em cerca de 1.764 universidades chinesas. Os resultados mostram que a parcela bissexual é a mais representada da sigla LGBT+, foram 8,92%.

Os estudantes gays e lésbicas atendem ao percentual de 4,58%, pansexuais 1,22%, assexuais 0,6% e outra sexualidade 0,94%. Apesar de 77,28% afirmarem serem heterossexuais, 6,46% não souberam responder a qual grupo pertencem.

Sendo um país muito religioso, a China ainda não é favorável ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. O resultado da pesquisa mostra que a diversidade pode está sendo mais aceita em algumas regiões do país.

contador de acesso grátis