Presidente Vladimir Putin fez críticas à ideologia de gênero e liberdade sexual - Foto : Divulgação

Putin critica liberdade sexual e de gênero e diz que progressismo “já era”

Neste sábado (29 de junho) o Presidente Vladimir Putin fez críticas à ideologia de gênero e liberdade sexual. Segundo ele, esses ideais são impostos contra a vontade da maioria. “Em alguns países europeus, dizem aos pais que suas filhas não podem mais usar saia na escola. O que é isso?”, questionou o presidente durante coletiva de imprensa, após uma cúpula do G20 em Osaka, no Japão.

Agora, existe todo tipo de coisas: inventamos cinco ou seis gêneros […], eu nem entendo o que é isso”, afirmou. “Os pais não querem, mas não perguntam sua opinião”, acrescentou. “Deixem que a pessoa cresça, se torne adulta e aí decida o que quer ser”, declarou Putin. “O problema é que esta parte da sociedade, bastante agressiva, impõe seu ponto de vista à grande maioria”, afirmou.

Além do mais, disse que essa insistente imposição, sobretudo a imposição de “um certo tipo de educação na escola”, foi um grande adicional para que o Presidente Donald Trump fosse eleito nos Estados Unidos.

Esta ideia progressista já começa a ser superada”, avaliou. Na véspera, segundo a Veja, Putin havia afirmado, em uma entrevista publicada no Financial Times, que o progressismo “já era”.

Fonte: Observatório G

 

bear plus