Este ano a Feira Cultural não será no Vale do Anhangabaú e sim pela Praça da República que terá tendas e palco - Foto: Divulgação

Feira Cultural LGBT deixa o Anhangabaú. Saiba o motivo.

19ª edição do evento, que integra programação da parada, será realizada na quinta 20 de junho

A 19ª Feira Cultural LGBT deixará o Vale do Anhangabaú.O evento, que integra a programação da 23ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, tem sido realizado no vale nos últimos anos, mas irá para a Praça da República.

Bastante amplo, o espaço do vale comportava um palco - onde são apresentados shows e performances durante todo o dia - além de dezenas de tendas de produtos variados.

O Anhangabaú passará por reforma. O lugar já está com tapumes que impedem o trânsito por determinados lugares.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, a requalificação do vale fará com que ele ganhe espaços comerciais - como cafés e floriculturas - , mobiliário urbano, 125 árvores, iliuminação automatizada e uma imensa fonte que jorrará água por 850 orifícios.

A primeira fase custará R$ 80 milhões e deve ficar pronta em 2020. O dinheiro sairá do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano (Fundurb).

A Feira, como sempre, será realizada no feriado de Corpus Christi, este ano é na quinta-feira 20 de junho. Está prevista instalação de tendas com livros, perfumes, calçados, decoração, música e artigos esotéricos, dentre outros produtos.

Interessados em ter uma tenda no evento devem escrever para feira@paradasp. O horário da feira é o mesmo dos outros anos, de 10h às 22h. Ainda não foram divulgados os nomes dos artistas que se apresentarão no palco.

A feira, assim como a parada, são realizadas pela Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOGLBT).

Fonte : Observatório G

bear plus