Tchaka Drag Queen é a apresentadora do evento onde mostra a visibilidade das Drags Queens - Foto: Reprodução

Dia 16 de Junho vai rolar a 13º Drag Contest

Drag Contest consiste em mostrar à sociedade, algumas oficinas preparatórias para os candidatos que desejam ser Drag Queens. Na sua décima terceira edição que vai rolar no Centro Cultural Ruth Cardoso com variadas expressões artísticas em sua concepção, trabalhando desde dança, cultura, maquiagem, teatro a questões de saúde e empreendedorismo.

O evento se caracteriza por ter uma base não somente de um show performático mas sim de formação cultural ao mesclar diferentes oficinas para capacitar seus candidatos para uma apresentação/show final aberta ao público.

Serão no total de 15 candidatas são selecionadas por meio da participação nas oficinas, e estas se apresentam após três semanas para a comunidade local composta por moradores do bairro e familiares, no Show Final um júri formado por especialistas das áreas envolvidas para selecionarem às três melhores apresentações.

É um evento que empodera jovens de baixa renda na arte drag, ao colocar eles em contato com profissionais e grandes artistas do meio, além da capacitação sociocultural para se desenvolveram enquanto artistas.

Centro Cultural Ruth Cardoso foi escolhido para ser o local devido à origem do projeto, região periférica de São Paulo, com jovens em risco de vulnerabilidade na região norte da cidade.

Foram 4 oficinas de duas horas cada que foram realizadas nas Sala de Oficinas, Anfiteatro e espaço de convivência do Centro Cultural Ruth Cardoso.

As 4 Oficinas foram: expressão corporal e dança; conscientização de saúde e prevenções; maquiagem e perucaria e personalidade da Noite. As 15 melhores nestas oficinas farão a apresentação final no dia 16 de junho e que será aberto ao público.

As premiações serão Aquisição de coroas e faixas, Show da Feira Cultura da Diversidade que será realizado no dia 20 de junho, convidada para desfilar no Carro Oficial da Parada de São Paulo e claro, prêmio em dinheiro que será revelado no momento da premiação.

Claudinei Hidalgo (curador e diretor do Drag Contest) e DJ Ginger Hot que irá tocar no final do Evento - Foto : Divulgação Facebook

As atrações são organizados pelo diretor e curador Claudinei Hidalgo que trabalhou durante dez anos consecutivos dedicados exclusivamente à televisão, assinando o visagismo de novelas e programas televisivos. Mais tarde, ao adentrar o universo das artes cênicas, criou a identidade visual e expressiva de personagens para teatro, óperas e musicais.

Na frente do Drag Contest há 9 anos, fazendo a curadoria e toda direção do concurso, cuidando de toda a produção do evento, além que trabalhou como diretor artístico da Boate Blue Space durante 16 anos, foi convidado para expor seus trabalhos na exposição de arte DIVERSA 2017.

Na apresentação será Tchaka Drag Queen que é Madrinha do Gay Day no Hopi Hari, evento oficial da maior Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. Atriz formada pela escola de Teatro Macunaíma em São Paulo. Empresária, já tem marcas de sandália com o nome Tchaka, fez participações em vários programas de televisão.

DJ Ginger Hot é uma das Drags pioneiras na noite Paulista a ser DJ que mistura pop , dance , rock e Drag music fazendo todo mundo dançar . Atuante ela troca em várias casas noturnas pelo país. Faz cinco que comanda as pick-ups do Drag Contest tendo a responsabilidade de fazer o pessoal dançar antes e depois do concurso

Fonte :APOGLBT SP

13º drag contest

bear plus