(Imagem: Reprodução/Internet)

Polícia investiga grupo que incita boicote à população LGBT em aplicativo

É isso mesmo, parece que a Idade das Trevas se abateu sobre toda comunidade LGBT depois da posse do atual Presidente da República. Uma imagem tem ganhado força em grupos do aplicativo Whatsapp onde uma pessoa incita o boicote a população LGBT no mercado de trabalho.

Na mensagem, o incitador, afirma ser proprietário de uma empresa de contabilidade em Goiânia, capital de Goiás, e pede fervorosamente que as pessoas não deem empregos a LGBT ou que demita aqueles que estiverem empregados. Ele ainda pede que comerciantes não realizem vendas de seus produtos a essa população e que aumentem o valor das mercadorias. “Vamos juntos fazer essa classe sumir do Brasil”, pontua.

(Imagem: Reprodução/Internet)

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos que recebeu prints das mensagens. Segundo a delegada Sabrina Leles, os perfis que promovem esse tipo de mensagem são falsos e pessoas estão tendo suas imagens prejudicadas por isso. Ela esclarece ainda que a investigação está em curso e, por ora, são essas informações que podem ser divulgadas.

Para realizar sua Cruzada contra a população LGBT, o criminoso teria coletado números de telefone de gays e lésbicas para expô-las em grupos e assim promover o boicote sugerido.

bear plus magazine