A cantora foi entrevistada pelocanal de comunicação LGBT Shangay, - foto : Gonza Gallego

Bissexualidade tem sido uma realidade para mim há muito tempo”, diz Anitta

Anitta apresentou seu álbum “Kisses” em Madri e falou em entrevista ao site espanhol Shangay, canal de comunicação LGBT, sobre sua sexualidade e revelou que sua aposentadoria está bem próxima.

Bissexualidade tem sido uma realidade para mim há muito tempo, mais de dez anos. Escolhi o jeito certo de compartilhá-lo, porque não queria contar diretamente para a imprensa. A mídia está sempre procurando cliques e polêmicas, talvez eles a tivessem tratado de uma maneira que não fosse respeitosa“, disse ela.

Queria contar isso com absoluta normalidade, porque é algo que qualquer um pode experimentar, e eu esperei pelo momento perfeito para fazê-lo. Agora estou em um lugar onde muitas pessoas me ouvem, e eu também queria aproveitar isso, para poder fazer a diferença“, disse ela, que acrescentou que gostaria de beijar Rihanna. A entrevista foi divulgada por Leo Dias.

A cantora afirma que seus pais sabem sobre sua bissexualidade desde cedo. “Desde que eu tinha treze ou quatorze anos de idade, e meu irmão, e todos ficam quietos, agem normalmente. Eu tive muita sorte com minha família. Não é que minha mãe ame esse fato, mas ela sempre me amou como eu sou, e ela me respeita. Meu irmão não se dava tão bem na adolescência, porque às vezes eu roubava algumas de suas pretendentes (risos)“.

Anitta disse que adora ver a montagem em que beija ela mesma na capa de “Kisses” e falou que vê muitas coisas na imagem.

Para começar, uma mulher independente que não precisa de mais ninguém, nem para beijar. E eu amo o formato do coração que forma nas silhuetas das duas Anittas, o que mostra que o amor é acima de tudo. Ele também representa os diferentes tipos de beijos, porque, como você olha parecerá de um tipo ou outro“.

O repórter sugeriu que a capa de “Kisses” também pode ser vista como um beijo lésbico e a cantora falou sobre seus relacionamentos com mulheres.

Também E quem vê isso assim, sente normalmente. É verdade que nunca tive um relacionamento duradouro com uma mulher, ou não me lembro. Vamos ver se agora alguém ofendido aparece dizendo que eu esqueci dela! [risos] Aqui eu não me importo de tratar essa questão [bissexualidade] porque esse é o meio que é, mas é algo que eu nunca usei para promover meu trabalho. Eu só quero que as pessoas vejam que é normal. Eu sei que há pessoas que não têm coragem de dizer isso, mas eu não as julgo. Eu entendo que é difícil enfrentar“, diz Anitta.

Anitta destacou a importância de lutar pela bandeira LGBT e falou sobre a preocupação da comunidade com o atual presidente do Brasil Jair Bolsonaro.

Meus amigos gays no Brasil têm medo do que pode acontecer, mas sabemos que somos muito fortes. As pessoas que votaram no presidente [Bolsonaro] pensaram nas mudanças que isso poderia causar na economia, na educação e na luta contra a violência, e eu tenho que respeitar isso. O problema surge quando vemos que temos um presidente com preconceitos. E também estou muito preocupada com o meio ambiente. Temos que cuidar do nosso mundo, independente de ser gay, rico, pobre, religioso ou não“.

bear plus