Tchaka Drag Queen é a madrinha oficial da Parada LGBTI+ de São Paulo - Foto : Marcelo Photo

Prefeitura de São Paulo realiza workshop de Drag Queen na Região Leste

  • Folhapress
  • 13 de janeiro - 2020

O Centro de Cidadania LGBTI Laura Vermont recebe o “Workshop de Drag Queen – Processo de Criação de Personagem”, que promete ensinar técnicas e mostrar inspirações para a construção de uma personagem Drag.

Para os interessados, as inscrições ficam abertas até o dia 31 de janeiro. Serão disponibilizadas cerca de 20 vagas. O curso será realizado por seis dias entre o mês de fevereiro e março.

Poderão participar do curso, pessoas maiores de 16 (dezesseis) anos. Interessados e interessadas deverão apresentar, no ato da inscrição, cópia dos RG e Comprovante de residência. Todas as pessoas são bem-vindas independente do gênero ou orientação sexual.

O Workshop de Drag Queen não se trata de um curso de maquiagem ou de costura, essas são algumas das técnicas que podem ser utilizadas na arte Drag, mas existem muitas outras que fazem parte. O professor Regis Machado que dá vida ao personagem Xênia Star ressalta: “A Drag é uma personagem que não tem ligação com orientação sexual”.

O “Workshop de Drag Queen – Processo de Criação de Personagem” pretende servir como um provocador. Xênia Star também aponta a relevância política e social da Drag Queen que vai além do entretenimento, “A Drag que acaba servindo como orientação para muitos”, afirma Xênia.

O Curso é idealizado pela ACESD – Associação Cultural Educacional e Social Dynamite que é a organização social que faz a gestão do Centro de Cidadania da região leste.

Serviço:

O “Workshop de Drag Queen – Processo de Criação de Personagem"- Av. Nordestina, 496 – Vila Americana (São Miguel Paulista) – Telefone: (11) 2032-3737

Inscrições: de 10/01/2020 até dia 31/01/2020

Aulas entre os dias 01,08,15,29/02 e 07,14/03, das 13h às 16h, serão disponibilizadas apenas 20 vagas.

h1
Criada em 2007 é a publicação mais antiga do projeto Bear que se iniciou como um blog e á partir de 2010 passou ser um site (com.br) e um ano depois foi lançada a primeira edição em PDF (online) que hoje é a única que estar no mercado da comunidade ursina no país! Atualmente é a principal rede de comunicação bear do Brasil e na América do Sul.