Jogadores do Vasco já divulgam campanha contra homofobia há alguns meses atráz - Foto : Divulgação

64% dos jogadores da Série A são favoráveis à punição por homofobia

  • Folhapress
  • 02 de janeiro - 2020

A homofobia dentro dos estádios é um assunto que está repercutindo cada vez mais. Contudo, através de uma pesquisa, constatou-se que mais da metade dos jogadores da série A são favoráveis à punição.

O levantamento foi realizado com cem jogadores do Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, CSA, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco, segundo o Sul21.

Algumas medidas interventivas já foram propostas como: paralisar o jogo, independentemente de estar no começo, meio ou no final da partida. E, primeiramente, chamar a atenção quando a torcida proferir gritos homofóbicos; dentre outras coisas.

Vale frisar que a situação expandiu e a Premier League, na Inglaterra, também mostrou preocupação com tema, endurecendo medidas de combate à homofobia e racismo.

h1
Criada em 2007 é a publicação mais antiga do projeto Bear que se iniciou como um blog e á partir de 2010 passou ser um site (com.br) e um ano depois foi lançada a primeira edição em PDF (online) que hoje é a única que estar no mercado da comunidade ursina no país! Atualmente é a principal rede de comunicação bear do Brasil e na América do Sul.